Como é o mundo das legendas?

Oi, pessoal! Tudo bem? Espero que sim.

Vim aqui explicar, mais uma vez, como tudo funciona no mundo das legendas. Sei que já falamos sobre isso antes, mas não custa nada relembrar a memória de todo mundo. Mesmo sendo um hobby, uma atividade que todo mundo faz no seu tempo livre (e não ninguém ganha dinheiro fazendo isso), é necessário um mínimo de organização para que a coisa funcione. Para isso, contarei uma historinha.

Antigamente, há uns 8 anos atrás, o mundo de legendas da internet era uma bagunça. Não tinha padrão, não tinha combinação, cada um fazia o que queria, e muita coisa não tinha qualidade.

Com o crescimento da internet e mais gente baixando séries para assistir em casa, ao invés de se esperar meses pra passar na tv a cabo do Brasil, a situação começou a mudar. Foi percebido que se precisava de um mínimo de organização para garantir que as legendas seriam o mais fiel possível ao inglês, e seguindo padrões técnicos que permitissem uma leitura confortável.

Desta forma, surgiu o legendas.tv. É uma comunidade que reúne todas as pessoas que gostam de legendar, e é o lugar onde se concentra a organização da legendagem. É a partir desta comunidade que são divididas as séries (cada equipe fica com uma, para não ter problema de termos várias pessoas trabalhando na mesma série).

Então, quais são os padrões a serem seguidos para poder postar uma legenda no site do legendas.tv:

- Exposição mínima da legenda na tela de 1.3 segundos

- Exposição máximo da legenda na tela de 6 segundos

- Máximo de 23 caracteres por segundo (permite ler a legenda inteira, sem que ela fique na tela menos tempo que o necessário)

- Máximo de 32 caracteres por linha (muitos players não leem frases maiores do que essa)

- Postar a legenda em no máximo 7 dias depois que o episódio foi ao ar nos EUA (no caso de séries. Para filmes, é diferente).

Para seguirmos todos esses padrões, precisamos de tradutores e revisores em cada equipe. Os tradutores, como o nome diz, traduzem um pedacinho de cada série. Cabe ao revisor juntar tudo, ver se a tradução está bem feita, olhar a sincronia, padronizar os termos usados na série, corrigir o português… Ufa! É muita coisa. Enquanto um tradutor faz a parte dele em umas 2h (dependendo da série e do tamanho da parte dele), o revisor pode levar até 2 ou 3 dias pra dar conta de tudo e deixar a legenda perfeitinha e pronta para ser postada.

Assim, espero que tenham gostado da historinha. E que pensem duas vezes antes de reclamar que alguma legenda está demorando. Antes de sermos legenders, somos estudantes, trabalhadores, mães e pais de família, pessoas com obrigações normais como qualquer outra pessoa. Só que escolhemos dedicar um pouquinho do tempo extra que nos sobra para fazer uma legenda que vai ajudar pessoas que não sabem nada de inglês a entender a série, e conseguir assistir sem depender da série passar na TV.

Um beijo!

VEEP: SEGUNDA TEMPORADA

Você ainda tem alguns dias para fazer uma maratona da primeira temporada de VEEP, com Julia Louis-Dreyfus (vencedora do Emmy 2012 de melhor atriz em comédia).

Criada por Armando Iannucci e com tiradas cômicas afiadíssimas, Veep trata da saga da vice-presidente Selina Meyer e sua equipe em conquista de respeito entre a alta hierarquia do Governo (inclusive do presidente), enquanto “trabalham” pelo desenvolvimento do país.

No elenco também estão Tony Hale (Arrested Development), Anna Chlumsky (In the Loop), Matt Walsh (Hung), Reid Scott (My Boys/The Big C), Timothy Simons (Days Together), Sufe Bradshaw (Overnight), Gary Cole (The West Wing/The Good Wife/Entourage) e Kevin Dunn (Luck).

A 2ª temporada (dez episódios) estreia em 14 de abril na HBO dos Estados Unidos, e a InSUBs não vai perder por nada!

Veja o promo legendado:

THE BIG C: HEREAFTER (FINAL SEASON)

image

"Com uma imagem que lembra o filme ‘Os Pássaros’ de Alfred Hitchcock, a série The Big C anuncia a estreia de sua última temporada.

A pose de Cathy (Laura Linney) lembra a de Tippi Hedren (foto abaixo) divulgando o filme de Hitchcock. Pousado na cabeça de Cathy vemos um corvo. O pássaro pode ser interpretado como o mensageiro da morte, o fim de tudo (podendo fazer referência ao fim da personagem – mas certamente da série). Para outros, ele é o símbolo da renovação, de um novo princípio, por ele ser o guia das almas em sua última viagem. Existem aqueles que dizem que o corvo é o símbolo da esperança, por acreditarem que o pássaro, quando canta, está dizendo: ‘amanhã, amanhã’.

The Big C é uma bela série que acompanha os diferentes estágios de assimilação pelos quais passa uma mulher diagnosticada com câncer terminal. Com o título de ‘The Big C: Hereafter’, a última temporada conta com apenas quatro episódios de uma hora de duração que finaliza sua história.

Além do elenco fixo, a temporada também conta com as participações de Kathy Najimy (Veronica’s Closet), Isaac Mizrahi e o veterano Brian Dennehy, que interpretará o pai de Cathy em um episódio. O ator substitui Brian Cox (atualmente no elenco da série inglesa Bob Servant Independent) que, no episódio Two For the Road, da primeira temporada, interpretou o pai de Cathy e Sean.

A estreia está marcada para o dia 29 de abril nos EUA.”

Fernanda Furquim - Nova Temporada
http://is.gd/06lKgl

Veja o promo legendado:

JÁ CONHECE “MY MAD FAT DIARY”?
image

Criada por Tom Bidwell, a série é situada em Lincolnshire, na década de 1990.

My Mad Fat Diary é um comédia-drama que acompanha a história de Rae Earl, uma adolescente obesa de 16 anos que acaba de sair de um hospital psiquiátrico, onde havia passado quatro meses.

Em sua volta, ela reencontra sua melhor amiga, Chloe, que não tem conhecimento de sua saúde mental, acreditando que estava na França esse tempo todo. Chloe a apresenta para seus amigos com quem ela acaba fazendo amizade.

Sem perder o bom humor e sua crença no amor, Rae tem como principal objetivo perder a virgindade. Seu alvo é o jovem Archie, mas algumas surpresas vêm pela frente.

Se você ainda não baixou, o que está esperando? A série é super divertida e a trilha sonora é fantástica! Corram!

Veja o promo legendado:

THE AMERICANS: NOVA SÉRIE DA INSUBS
image

Conheça “The Americans”, nova série da InSUBs:

Criada por Joe Weisberg (Falling Skies) e Graham Yost (Justified), com base em uma ideia de Darryl Frank e Justin Falvey, a série é situada na década de 1980, pouco depois da eleição de Ronald Reagan.

The Americans acompanha a vida de dois espiões da KGB que se fazem passar por um casal americano vivendo nos subúrbios de Washington. Tentando manter seus disfarces, a medida que o tempo passa Phillip (Matthew Rhys, de Brothers & Sisters) e Elizabeth (Keri Russell, de Felicity) começam a adotar uma postura cada vez mais de casal que de espiões.

Atendendo as exigências de seu governo, eles têm como missão controlar a rede de informações entre os espiões que operam no país. Enquanto isso, os filhos do casal, sem desconfiarem da verdadeira identidade dos pais, vivem como dois típicos pré-adolescentes americanos. No elenco também está Noah Emmerich, que interpretará o vizinho de Phillip e Elizabeth, um agente do FBI que começa a suspeitar da atitude do casal.

A ideia da série surgiu em 2010, depois que o FBI efetuou a prisão de diversas pessoas que viviam em New Jersey, New York, Massachusetts e Virginia, acusadas de serem agentes russos infiltrados no país.

Estreia no dia 30 de janeiro.

DIZENDO ADEUS A CHUCK
image

Com o fim de Chuck chegando na próxima sexta-feira, o co-criador da série, Josh Schwartz, escreveu para a coluna dos convidados da Entertainment Weekly. Na carta ele se despede da série e conta como ela foi salva por nada menos que sanduíches. Confiram a tradução abaixo e chorem com a gente.

——-

DIZEM QUE TODO FIM É UM NOVO COMEÇO. Na primavera de 2007, eu estava no set para o último dia de gravação de The OC quando recebi a ligação. Precisava ir assistir imediatamente um teste para o protagonista do meu novo piloto, Chuck. Quem era o ator que estava lendo? Zachary Levi.

Começava então a jornada mais quixotesca, satisfarória e, às vezes, surreal da minha carreira. No outono de 2007, eu tinha sorte de ter não apenas Chuck estreando, mas também Gossip Girl, outra série que havia co-criado. Quais eram as chances, já que temos sete dias na semana, de elas irem ao ar contra a outra? Mas elas foram, e meus pais trocaram de DVR.

Enquanto a primeira temporada de Chuck começava a crescer, a greve dos roteiristas começou. Não sabíamos se iríamos voltar. Esperamos ansiosamente por quase um ano para voltar. À medida que a segunda temporada chegava ao fim, soubemos que a NBC iria exibir The Jay Leno Show cinco noites por semana no horário nobre, eliminando cinco horas da programação. Mais uma vez nosso futuro estava em perigo. Podemos não ter sido um grande hit, mas tínhamos fãs apaixonados, e quando a NBC liberou a programação preliminar do outono de 2009 e Chuck não estava nela, os fãs se mobilizaram.

Não era apenas uma campanha de escrever cartas, mas algo que envolvia uma nova arma na cruzada dos fãs para salvar a série: maionese. Fizemos uma propaganda não muito sutil dos sanduíches da Subway (que são uma delícia!). Então nossos fãs foram até lanchonetes da Subway mundo afora, pedindo milhares de sanduíches. Isso ganhou atenção em um nível nacional. A NBC notou. Com um misto de orgulho e temor, eu digo: Chuck foi salvo por sanduíches. E pelos melhores e mais apaixonados fãs do universo.

O que salvou Chuck foi a mesma coisa que fez as pessoas que o amavam se comprometerem: uma mistura de gêneros - de espionagem a sci-fi a comédia romântica - com um coração devotado a seus personagens e uma alma na cultura dos filmes geek do verão de 1980. Bom, da década de 80 inteira.

O co-criador Chris Fedak e eu falávamos que se as nossas versões de 13 anos pudessem assistir a série que nós criamos, iam perder a cabeça. Foi nosso amor adolescente por Quantum Leap que nos fez ir atrás de Scott Bakula pra fazer o papel do pai de Chuck. Sabendo da situação precária da nossa audiência, Scott aconselhou: “Mantenha a cabeça baixa e continue fazendo a série. Antes que você perceba, terão se passado cinco anos. Foi assim que fizemos em Quantum Leap.”

Escalar atores que crescemos amando não parou por aí. Fomos ousados com nossa nerdice. O Doc Brown Christopher Lloyd fazendo o papel de um médico para que Chuck pudesse chamar o astro de De Volta Para o Futuro de “Doc”? Sim. Uma grande influência para Chuck foi Fletch, então foi uma honra ter Chevy Chase fazendo um dos nossos melhores vilões. Claro, não haveria Chuck sem James Bond. O primeiro filme de Bond que tive idade pra ver no cinema? The Living Daylights. Então imagine a pulsante animação que sentimos quando Timothy Dalton assinou por uma temporada. E quem poderia ter feito a mãe de Chuck além do ícone feminino dos verões do passado, Linda Hamilton, de O Exterminador do Futuro? A lista continua, e sabíamos que nossos fãs ficariam tão animados quanto nós.

Agora, graças ao presidente da NBC Entertainment, Bob Greenblatt, poderemos dizer um adeus apropriado aos nossos fãs no nosso series finale do próximo dia 27. E com todo fim, vem um novo começo. No último dia de gravação de Chuck, minha filha nasceu. Isso te dá perspectiva. Meu sonho é que, um dia, algum garoto que cresceu assistindo à nossa série terá sua própria série e contratará um de nossos talentosos atores para participar. E então esse ator poderá aconselhá-lo: “Mantenha a cabeça baixa e continue fazendo a série. Antes que você perceba, terão se passado cinco anos. Foi assim que fizemos em Chuck.”

- Josh Schwartz

OS RELEASES E AS EQUIPES POR TRÁS

Espera-se que vocês saibam que em compartilhamento de vídeos/legenda, não existe apenas uma equipe por trás de tudo.

Por exemplo, na sociedade de legendas que é o Legendas TV, não existe apenas a InSUBs, e às vezes nos incomodamos quando muitas pessoas perguntam sobre séries que não são nossas, pois não temos a menor ideia de como está sua situação de tradução e/ou renovação/cancelamento (apesar de assistirmos algumas de outras equipes, o que é normal).

O que quero dizer é que a InSUBs não traduz Fringe (que é da United), nem Glee (Darkside), nem The Vampire Diaries (Geeks), nem The Big Bang Theory (NERDS), entre muitas outras; portanto, não adianta perguntar no Twitter, ou pelo e-mail, como está uma série que é de outra equipe, pois não saberemos responder. Por isso sempre avisamos: SALVEM ESTE LINK E FAÇAM AS PERGUNTAS PARA AS RESPECTIVAS EQUIPES - http://bit.ly/ex6VDr

O ponto em que quero chegar é que na liberação dos vídeos também há várias equipes por trás de tudo. Tais equipes inserem seu nome nos vídeos (release), e quando liberamos a legenda, é essencial que vocês atentem-se a usar a legenda correta para o release correto, pois em muitos casos, se você usar legenda errada, haverá diferenças de sincronia, e não vai ser nada legal de assistir.

image

Equipes que liberam vídeos: LOL, AFG, 2HD, ASAP, FQM, H, XII, FEVER, DIMENSION, ORENJI, CTU, IMMERSE, BiA, FoV, P0W4, EbP, KiNGS, NTb, BTN entre outros.

Há casos em que um vídeo está uma porcaria (ou por qualidade de imagem ou porque cortaram alguma cena), o que chamamos de nuke, e lançam um REPACK ou um PROPER com as devidas correções. É o caso desta finale de V, em que o vídeo do ASAP veio nukado, e o 2HD lançou um PROPER corrigindo.

O problema é que uma legenda do 2HD nunca vai funcionar (na maioria das vezes) com o ASAP. O FQM nunca vai funcionar com o P0W4 e o BiA. São equipes diferentes! Sincronias diferentes. Por isso, mais uma vez, reforço: atentem-se em usar a legenda correta com o vídeo correto!

VAMOS PRATICAR?

Daí lançamos uma legenda. Você baixa o .rar no LTV (Legendas TV), e nele vem três arquivos de legenda:

Greys.Anatomy.S07E03.HDTV.XvID-LOL
Greys.Anatomy.S07E03.PROPER.HDTV.XviD-FQM
Greys.Anatomy.S07E03.720p.HDTV.x264-IMMERSE.

O que significa a presença do PROPER nesse arquivo? Significa que o LOL veio nukado; portanto, sugere-se que você baixe o PROPER caso não queira ganhar uma surpresa desagradável no meio do episódio. A legenda do LOL vai funcionar no PROPER-FQM? Dificilmente… Mais para NUNCA! Use a legenda certa para o release certo!

Há casos em que simplesmente não lançamos legenda para o release nukado. No exemplo acima teríamos a opção de lançar somente o PROPER do FQM de Grey’s, além do da versão 720p (IMMERSE). Mas a decisão é particular para cada equipe/revisor, então atentem-se, também, em ver nas informações da legenda se a ressincronizamos para a versão nukada.

Por exemplo, como dito, o finale de V veio com o ASAP nukado e não lançamos a legenda deste release. Postamos apenas o PROPER do 2HD e o CTU (720p).

Enfim, pedimos apenas atenção a estes detalhes.

Uma equipe não é capaz de carregar tudo nas costas, certo?

Abraços!

=]

DA TRADUÇÃO À POSTAGEM: COMO É O PROCESSO?
image

Todos cobram, todos reclamam, mas poucos conhecem o processo de tradução pelo qual passamos em todas as legendas. Nesse post explicaremos como tudo é feito aqui na InSUBs.

Tudo começa uns 2 ou 3 dias antes de a série ir ao ar, quando os responsáveis pela série recrutam os tradutores. O fechamento da equipe de tradução ocorre no dia da exibição do episódio nos EUA - embora algumas fechem antes, quando o número necessário de tradutores é alcançado - e aí é que começa o trabalho pesado (e também é quando as merdas acontecem).

A partir do momento em que sai o episódio é enviado para os tradutores um email com a escala da legenda (divisão de tempos) e a indicação de onde baixar o episódio para a tradução. Em alguns casos, como nas legendas feitas de madrugada, também são enviadas as legendas em inglês sem sincronia, para auxílio durante a tradução. Então começa a tradução e sincronia, os prazos variam de acordo com a série e a disponibilidade do revisor, mas normalmente o prazo para tradução não passa de um dia. A maioria dos tradutores faz a própria sincronia da legenda, mas quando alguns não fazem, o prazo deles é menor, para que a legenda seja sincronizada corretamente.

Aí digamos que no dia da tradução um tradutor fica doente, de cama, e não consegue fazer a legenda… Nesses momentos temos que procurar outros tradutores, ou os próprios revisores traduzem as partes para evitar que a série atrase para os fãs. É um momento de desespero, digamos assim… E é por isso que não demos previsão. E se falarmos que o episódio tal sai às 21h de quinta-feira, mas só postarmos na sexta-feira porque aconteceu alguma merda, como fica nossa credibilidade? Como ficam os fãs loucos?

Aí beleza, todas as partes foram traduzidas e sincronizadas. É nessa hora que entra o revisor. Ele será o responsável pelo produto final, fará as correções de tradução, sincronia, adaptação, fluência, tempo de leitura… Essa é uma das partes mais difíceis, porque ele tem que ter muita atenção, para que a legenda não seja postada com erros. E é por isso que as legendas de orkut, addic7ed e derivados saem mais rapidamente, elas não passam pela mesma revisão cuidadosa que as nossas legendas. Elas podem ter velocidade, mas a qualidade passa bem longe - com poucas exceções.

Terminada a revisão, qual é o próximo passo? O resync para AVI e 720p.

Aqui na InSUBs temos a seguinte regra: toda legenda só pode ser postada com o resync do vídeo AVI e do 720p. E a maioria dos resyncs é fácil, coisa de 10 minutos. No entanto, alguns resyncs - mais precisamente de Grey’s Anatomy e Private Practice - precisam ser totalmente ressincronizados linha a linha. Isso ocorre porque as duas séries são exibidas nos EUA e no Canadá, e às vezes um dos releases sai do canal americano e o outro do canal canadense, mas a ABC (emissora que exibe as séries nos EUA) faz o que chamam de “frameraping”, uma exclusão de quadros do vídeo para conservar banda na transmissão. Então os vídeos que normalmente tem 23,976 frames por segundo na ABC têm menos que isso, o que impede que a sincronia da legenda comum bata com a legenda 720p. É confuso, mas depois da 3ª lida nesse trecho acho que vocês entendem. Mas enfim… Por isso às vezes as legendas de Grey’s Anatomy e Private Practice demoram um pouco mais, por causa dos resyncs.

E aí, finalmente, depois do resync 720p e da imagem de destaque pronta, é postada a legenda e os fãs ficam felizes e param de nos xingar. Alguns nem sequer agradecem e outros mandam um infeliz “demorou, mas chegou”. AEAEAEAEAE!

Esperamos que vocês agora entendam como é árduo o processo aqui.

Um beijo, um abraço e um tapa na cara!
=]

TELE-AULA: PRIORIDADES
image

Todo dia - principalmente segundas e quintas, claro - as pessoas nos pedem para dar mais prioridade às suas séries favoritas. É um “dá prioridade a Gossip Girl aí, InSUBs” pra cá, um “dá prioridade a Grey’s Anatomy aí…” pra lá, mas o que as pessoas não sabem é como funciona essa prioridade - que é simples, mas parece que é difícil de entender.

Para a maioria das séries vale a equação “número de downloads / número de tradutores disponíveis”. Por exemplo, House tem 30 mil downloads e cerca de 6 ou 7 pessoas por semana para traduzir, enquanto Gossip Girl tem 9 mil downloads e raramente passa de 5 tradutores disponíveis… Qual vai ter preferência? Pergunta valendo 1 milhão de reais em barras de ouro que valem mais do que dinheiro, hein!

Claro que há exceções… Algumas série menores saem em velocidade muito maior que outras mais famosas, mas isso depende de cada revisor e a quantidade de tempo que ele tem disponível para tal série. Em dia de muitas séries - como segundas e quintas - não adianta ficar pedindo para darmos mais prioridade a uma série alegando que outra série já saiu… Dificilmente um revisor faz mais de uma série por dia, e por isso algumas saem mais rápido que as outras.

Então se liga aí que é hora da revisão:

Na tele-aula de hoje vocês aprenderam que a equação “número de downloads / número de tradutores disponíveis” é igual a “número de horas ou dias para a legenda ficar pronta”, mas pode haver exceções. Também aprenderam que não adianta pedir previsão/pedir para dar mais prioridade, e isso só vai deixar o tradutor mais irritadinho.

Até a próxima tele-aula.
Tchau!
=]

*rola aí aquela musiquinha do telecurso 2000 que gruda na cabeça*

PARA COMEÇAR: COMO ESCOLHEMOS NOSSAS SÉRIES?
Olha quanta equipe, minha gente!

Como a maioria de vocês deve saber, a InSUBs faz parte de uma “sociedade” de legenders, o Legendas.TV, site do qual fazem parte também outras equipes como a Darkside, a NERDS e a United, entre muitas outras. Por isso, quando escolhemos as séries para legendar, nem sempre teremos a série que queremos e praticamente nunca escolheremos alguma série só porque os fãs querem. Há uma divisão, que grande parte dos fãs não entendem.

Antes da estreia da série - às vezes meses antes - as equipes enviam emails para a administração do Legendas.TV pedindo o destaque das séries em que têm interesse, mas a resposta da administração só será dada mais ou menos um mês antes da estreia. Se houver mais de uma equipe interessada, a escolha será feita pela administração, baseando-se em número atual de séries, número de séries novas, integrantes na equipe, atrasos e etc…

Agora que explicamos o processo de como cada equipe fica com cada série, vamos explicar como nós escolhemos as séries para legendar…

Normalmente não adianta ter só uma pessoa na equipe interessada em tal série, nem ter 500 mil fãs pedindo para legendarmos e não termos interessados o suficiente na equipe. É por isso que não acatamos a 90% de pedidos feitos por fãs, porque nem sempre há interessados para traduzir a série pedida.

Aí vêm um fã e pede para fazermos uma série, então falamos que não temos interessados, do nada surge outro, e outro, e outro, e, de repente, há campanhas na internet nos xingando porque não queremos fazer tal série. Quando, na verdade, há outras milhões de equipes que podem ter interesse na série (Esse caso é verídico, aconteceu com a série Hellcats, que - graças a Deus - a equipe NERDS pegou para legendar e acabar com nosso sofrimento :D). Então para não ocorrer nenhum estresse, aguardem a estreia da série, que tem muitas chances da sua série ser feita por alguma equipe.

Tem também o caso dos fãs que não sabem qual equipe faz tal série, fãs que não prestam a mínima atenção na hora dos créditos e toda semana vêm perguntar: “oi, cadê a legenda de *insira série que não é da InSUBs aqui*?”, e nós, como lordes e ladies que somos, respondemos: “a série é da equipe *outra equipe*! =]”. Só que aí tem vezes que o mesmo fã vem perguntar sobre a mesma série na semana seguinte… Aí não tem como não descer do salto e fazer a Susaninha Vieira, né? Por isso, sempre prestem atenção às equipes que fazem as suas legendas preferidas. Nós sempre indicamos no twitter um lugar bem legal que tem toooooodas as séries legendadas por tooooodas as equipes: http://is.gd/NE3A9z (tcharaaaaam!!!!!), é só ver lá e aí ir no twitter da equipe que faz, e cobrar a legenda! =] Brimks… rere… Não cobrem legenda, ok? Mas fiquem ligados no twitter, que a equipe responsável vai avisar quando a legenda sair.

Então, repetindo o link para quem só passou o olho e não leu nada: http://is.gd/NE3A9z !

Abraços!

=]